Hipertensão arterial na diabetes mellitus tipo 2 - Evidência para a abordagem terapêutica

Carlos Alvarenga

Resumo



Introdução: A hipertensão arterial (HTA) é um problema de saúde muito frequente nos doentes com Diabetes Mellitus (DM), particularmente na diabetes tipo 2 (DM2), cuja presença implica também um substancial aumento do risco cardiovascular e pode despertar ou acelerar as lesões micro e macrovasculares da DM. Por isso, torna-se importante definir os objectivos e a abordagem terapêutica da HTA em doentes com DM2 com base na evidência científica actual.
Objectivo: Avaliar o «estado da arte» no que respeita ao tratamento da HTA em doentes com DM2.
Metodologia: Revisão da literatura médica específica para a abordagem terapêutica da HTA na DM2, nomeadamente as recomendações de sociedades científicas, orientações clínicas já aprovadas e estudos randomizados para o tratamento da hipertensão arterial que incluem doentes diabéticos e reportam resultados tendo em conta as complicações cardiovasculares globais e renais.
Resultados: O tratamento da HTA nos diabéticos resulta em benefícios acentuados pela diminuição marcada dos eventos cardiovasculares fatais e não fatais, na redução da microalbuminúria e da progressão para a doença renal terminal e morte.
Conclusões: Nos doentes diabéticos com hipertensão, o objectivo tensional a atingir que melhor garante o binómio capacidade de o alcançar/optimização dos benefícios cardiovasculares é um valor inferior a 130-80 mm Hg. Para tal, além de toda a intervenção possível na adesão a hábitos de vida saudáveis, qualquer terapêutica farmacológica produz resultados importantes, devendo ser individualizada às características específicas do risco global de cada doente. No entanto, parece surgir evidência que a utilização de inibidores da enzima de conversão e antagonistas dos receptores da angiotensina isolados, associados a diuréticos ou entre si, poderão melhorar a qualidade de vida do doente diabético hipertenso, principalmente se já existe lesão renal.

Palavras-chave



Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.32385/rpmgf.v21i6.10189

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c)