Família e cuidados de saúde

Autores

  • Luís Rebelo Médico de Família do Centro de Saúde de Alvalade (ARSLVT). Professor da Faculdade de Medicina de Lisboa

DOI:

https://doi.org/10.32385/rpmgf.v23i3.10362

Resumo

Sabemos que nos dias de hoje ser «médico de pessoas» é difícil. É necessário um permanente esforço para não cairmos na ratoeira da exploração desenquadrada do sintoma ou sinal, da referência para uma sub-especialidade em que a tecnologia vai ditar o rumo a seguir ou da terapêutica medicamentosa múltipla e precipitada forçando a história natural da doença que ainda não o é. Com formação o médico de família pode e deve ajudar as famílias que sofrem e que nos pedem apoio. Ocasiões não faltam. Mas é necessário dominar a técnica e o método de entrevistar famílias.

Downloads

Publicado

2007-05-01

Como Citar

Rebelo, L. (2007). Família e cuidados de saúde. Revista Portuguesa De Medicina Geral E Familiar, 23(3), 295–7. https://doi.org/10.32385/rpmgf.v23i3.10362

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>