Recomendações para o tratamento farmacológico da dor


Resumo



Em Medicina Geral e Familiar a dor é um problema diário, transversal a qualquer idade, gerador de sofrimento, sendo indispensável um nível de prestação de cuidados de elevada qualidade, seja ela uma dor aguda ou crónica, oncológica ou não oncológica. O conhecimento global que o Médico de Família (MF) vai construindo com o seu doente torna-o um prestador de cuidados privilegiado para um correcto manuseamento de técnicas terapêuticas.
A metodologia utilizada no processo de revisão consistiu numa pesquisa bibliográfica manual em livros de texto, artigos científicos e circulares normativas. As principais referências para as doses dos fármacos foram o site http://www.palliativedrugs.com e o livro Oxford Handbook of Palliative Care. As formulações existentes em Portugal foram compiladas do Prontuário Terapêutico Online
do INFARMED. O documento foi revisto por especialistas na área e foi obtido o patrocínio científico da Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos. Um documento com os nomes comerciais está disponível na página do núcleo de Cuidados Paliativos da APMCG.
O Núcleo de Cuidados Paliativos da APMCG pretende, com estas recomendações, sistematizar conceitos sobre terapêutica da dor e apresentá-los de forma concisa, a fim de poderem ser manuseados na consulta diária de cada MF.

Palavras-chave


Dor; Tratamento; Farmacológico

Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.32385/rpmgf.v23i4.10384

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c)