Valores normativos do Balance Evaluation System Test(BESTest), Mini-BESTest, Brief-BESTest, Timed Up and Go Test e Usual Gait Speed em pessoas idosas Portuguesas saudáveis

Autores

  • Sara Isabel Lebre de Almeida Lab 3R – Respiratory Research and Rehabilitation Laboratory, School of Health Sciences, University of Aveiro (ESSUA), Aveiro, Portugal.
  • Alda Marques Lab 3R – Respiratory Research and Rehabilitation Laboratory, School of Health Sciences, University of Aveiro (ESSUA), Aveiro, Portugal.Institute for Research in Biomedicine (iBiMED), University of Aveiro, Aveiro, Portugal
  • Joana Santos Lab 3R – Respiratory Research and Rehabilitation Laboratory, School of Health Sciences, University of Aveiro (ESSUA), Aveiro, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.32385/rpmgf.v33i2.12039

Palavras-chave:

Valores normativos, Equilíbrio, Mobilidade, Velocidade da marcha, Pessoas idosas, Portugal.

Resumo

Objetivo: O objetivo deste estudo é estabelecer valores normativos relacionados com a idade e o género para o Balance Evaluation System Test (BESTest), Mini-BESTest, Brief-BESTest, Timed Up and Go (TUG) test e Usual Gait Speed (UGS) para a população idosa Portuguesa, saudável, entre os 60 e os 89 anos. Tipo de estudo: Realizou-se um estudo transversal exploratório. Local: Portugal. População: Pessoas idosas Portuguesas, saudáveis, com idades entre os 60 e os 89 anos. Métodos: Os participantes foram recrutados na comunidade. Os dados sociodemográficos, antropométricos e de informação clínica geral foram recolhidos através de um questionário estruturado baseado na Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde. O equilíbrio foi avaliado com os BESTest, o Mini-BESTest e o Brief-BESTest, a mobilidade com a TUG e a velocidade da marcha com os seis metros da UGS. Os valores normativos foram reportados por décadas de idade (60-69; 70-79 e 80-89 anos) e por género. Resultados: Cento e treze pessoas idosas saudáveis (75,8±8,9 anos; 70,5% feminino) participaram neste estudo. A média do BESTest (86,5±15,6; 82,6±14,5; 72,6±15,0), Mini-BESTest (22,4±6,3; 21,6±5,9; 16,2±6,2), Brief-BESTest (17,5±6,3; 16,0±6,0; 10,2±5,5) e UGS (122,3±46,8cm/s; 116,6±47,3cm/s; 73,8±32,6cm/s) diminuíram, enquanto a média da TUG (8,9±2,8s; 9,5±4,0s; 16,8±5,3s) aumentou com o avançar da idade. O sexo feminino apresentou piores resultados. A média de todas as medidas foi significativamente diferente entre grupos de idade e género (p<.05). Conclusões: Este estudo fornece valores normativos para o BESTest, Mini-BESTest, Brief-BESTest, TUG e UGS, que podem contribuir para o desenvolvimento de intervenções específicas para melhorar o equilíbrio, mobilidade e velocidade da marcha em pessoas idosas Portuguesas, saudáveis, que vivem na comunidade.

Downloads

Publicado

2017-03-01

Como Citar

Almeida, S. I. L. de, Marques, A., & Santos, J. (2017). Valores normativos do Balance Evaluation System Test(BESTest), Mini-BESTest, Brief-BESTest, Timed Up and Go Test e Usual Gait Speed em pessoas idosas Portuguesas saudáveis. Revista Portuguesa De Medicina Geral E Familiar, 33(2), 106–116. https://doi.org/10.32385/rpmgf.v33i2.12039

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)