Quando a cor é um problema: reação ao pigmento vermelho de tatuagem. Um relato de caso

Autores

  • Joana Carneiro USF Felgaria Rubeans, ACeS Vale Sousa Norte.
  • Ana Calafate USF Garcia de Orta, ACeS Porto Ocidental – ARS Norte.
  • Ana Menezes USF Garcia de Orta, ACeS Porto Ocidental – ARS Norte.

DOI:

https://doi.org/10.32385/rpmgf.v33i5.12264

Palavras-chave:

Tatuagem, Pigmento, Reações cutâneas, Relato de caso.

Resumo

A arte corporal, incluindo a tatuagem, é uma prática ancestral cada vez mais popular no mundo contemporâneo. Apesar do crescente interesse por esta técnica de embelezamento, há que estar alerta sobre os riscos passíveis de ocorrerem com a sua execução. Descreve-se, de seguida, o relato de caso de um indivíduo do género masculino, de 35 anos, sem antecedentes pessoais de relevo, que recorre à consulta por reação inflamatória e pruriginosa intensa na porção anterior do antebraço esquerdo, 48h após realizaçãode tatuagem na mesma zona. Ao exame objetivo identifica-se região com extenso eritema e tecido exsudativo, confinada à zona da tatuagem com pigmento vermelho e integridade cutânea na restante coloração. É instituído esquema com antibioterapia, anti-histamínico e cuidados de penso com resolução do quadro infecioso. Verifica-se desenvolvimento posterior de zona liquenificada na região com pigmento vermelho, atenuada após ciclo com corticoterapia oral e tópica. É assumido tratar-se de um quadro de dermatite alérgica de contacto, com padrão de eczema agudo e infeção secundária. Comentário: São várias as complicações que podem resultar do processo de tatuagem, sendo a reação ao pigmento uma das muitas descritas. O intervalo de tempo em que ocorre a reação cutânea ao pigmento é variável, podendo surgir entre dias, semanas a anos. Entre os componentes da tinta, o pigmento vermelho é o principal envolvido. Este caso destaca a importância do conhecimento prévio, por parte da população em geral/profissionais de saúde, da origem e tipo de pigmentos utilizados nas tatuagens, bem como as potenciais complicações desta arte corporal.

Downloads

Publicado

2017-10-01

Como Citar

Carneiro, J., Calafate, A., & Menezes, A. (2017). Quando a cor é um problema: reação ao pigmento vermelho de tatuagem. Um relato de caso. Revista Portuguesa De Medicina Geral E Familiar, 33(5), 362–8. https://doi.org/10.32385/rpmgf.v33i5.12264