Síndroma do túnel cárpico ulcero-mutilante: relato de um caso

Inês Torrinha Leão, Daniel Kiessling, Fabíola Ferreira

Resumo


Introdução: A Síndrome do Túnel Cárpico (STC) é a mononeuropatia focal compressiva mais comum observada na prática clínica. Em alguns casos, a apresentação clínica pode ser atípica e, em estadios avançados, pode ocorrer uma variedade de manifestações cutâneas.

Descrição do caso: Doente do sexo masculino, com 84 anos, pertencente a uma família alargada de classe social média, com antecedentes de hipertensão arterial, dislipidemia, neoplasia da próstata e cirurgia bilateral a STC. O doente foi observado na sua Unidade de Saúde Familiar por avulsão parcial da unha no terceiro dedo da mão esquerda, em contexto de lesão em placa erosiva, sangrante e indolor, aparentemente não traumática no leito ungueal com três meses de evolução. Pela suspeita de melanoma, o doente foi referenciado à consulta de Dermatologia. Entretanto, por apresentar sinais inflamatórios no dedo e acro-osteólise no tofo da falange distal em radiografia solicitada foi encaminhado ao Serviço de Urgência para observação por Ortopedia que admitiu o diagnóstico de Osteomielite da falange distal do terceiro dedo, realizou desbridamento cirúrgico e instituiu antibioterapia. Posteriormente, em consulta de Dermatologia pela suspeita de melanoma acrómico, foi realizada biópsia que descartou este diagnóstico. Foi colocada a hipótese de STC Úlcero-mutilante, confirmada por eletromiografia e pela clínica sugestiva.

Comentário: A STC Úlcero-mutilante é uma variante rara de uma patologia muito frequente nos Cuidados de Saúde Primários. Assim o Médico de Família deve estar alerta para a sua existência, iniciando a abordagem diagnóstica inicial e posterior referenciação para tratamento definitivo.


Palavras-chave


Síndrome de Túnel Cárpico, Acro-osteólise, Úlcera cutânea

Texto Completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.32385/rpmgf.v36i3.12550

Apontadores

  • Não há apontadores.


Copyright (c) 2020 Revista Portuguesa de Medicina Geral e Familiar