Medicina geral e familiar e atitudes relativas a problemas ligados ao álcool: a importância da formação no âmbito da Escola de Medicina Geral e Familiar (Primavera 2016)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.32385/rpmgf.v36i6.12758

Palavras-chave:

Álcool, Atitudes, Medicina geral e familiar, SAAPPQ, Formação

Resumo

Objetivos: Os cuidados de saúde primários (CSP) são o terreno ideal para rastreio e tratamento de doentes com Problemas Ligados ao Álcool (PLA). Este estudo pretendeu avaliar as atitudes dos participantes da Escola de Medicina Geral e Familiar (Primavera 2016) relativas a PLA e comparar as atitudes dos participantes do curso de Alcoologia com os dos restantes cursos.

Métodos: Foram avaliadas as atitudes dos participantes através do Short Alcohol and Alcohol Problems Perception Questionnaire (SAAPPQ). Foram investigadas as associações entre sexo, idade e local de trabalho e ainda com os resultados do SAAPPQ.

Resultados: Obtiveram-se 250 questionários elegíveis. A idade média foi de 28,1 ± 2,2 anos; 86,2% eram do sexo feminino. A Administração Regional de Saúde (ARS) mais representada foi a de Lisboa e Vale do Tejo. Pré-curso, as atitudes dos participantes dos dois grupos foram semelhantes, exceto na Adequação e Segurança. Os participantes do curso de Alcoologia sentem-se seguros ao trabalharem com estes doentes. Contudo, apenas 65% destes pontuaram acima do ponto médio no Compromisso Terapêutico. Pós-curso objetivaram-se valores significativamente superiores em todas as subescalas para os participantes do curso de Alcoologia, tendo a totalidade pontuado acima do ponto médio na Segurança e Compromisso Terapêutico.

Conclusões: As atitudes dos participantes do curso de Alcoologia perante doentes com PLA melhoraram significativamente após a formação em todas as subescalas. Cursos que tenham em conta não só conhecimento e capacidade técnica, como outras atitudes, poderão melhorar o rastreio e tratamento de doentes com PLA. Poderá ser necessária uma atenção curricular específica nos domínios da Autoestima e Satisfação para melhorar resultados futuros.

Biografias Autor

Vânia Maria Novais de Oliveira, USF S. Nicolau, ACEs Alto Ave

Interna em Medicina Geral e Familiar, USF S. Nicolau.

Mestrado Integrado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.

Secretaria da Assembleia Geral da Associaçao Portuguesa de Medicina Aditiva.

Frederico Rosário

Investigador no Projecto Europeu Optimizing Delivery of Health care Interventions (ODHIN):
Work Package 4 – Surveys
Investigador no Projecto Europeu Brief InterventionS in the Treatment of Alcohol use disorders
In Relevant Settings (BISTAIRS)
Perito Externo na elaboração na Norma de Orientação Clínica da Direcção-Geral de Saúde
“Deteção precoce e intervenção breve no consumo excessivo do álcool”

Professor convidado da disciplina de "Alcoologia" da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.

Cristina Ribeiro

Coordenadora Normas de Orientação Clinica e Processos Assistenciais Integrados no
Departamento de Qualidade da Direção Geral da Saúde
Professora Auxiliar na Faculdade de Medicina de Lisboa

Coordenadora e Representante Nacional em projectos Europeus na área dos Problemas ligados ao álcool nos
Cuidados de Saúde Primários (PHEPA e ODHIN e BISTAIRS)
Coordenadora da Subcomissão Saúde Mental e Cuidados de Saúde Primários no Conselho Nacional de Saúde
Mental
Representante do Gabinete do SEAMS – Grupo Técnico para o Desenvolvimento dos CSP
Representante da Comissão para a Reavaliação da Rede Nacional de Emergência e Urgência (CRRNEU)
Representante do Gabinete do SEAMS – Grupo Técnico para as funções do Enfermeiro de Família
Coordenadora do Gabinete do SEAMS – Grupo de trabalho para a elaboração de um Programa nacional de
deteção precoce e intervenções breves dirigido ao consumo excessivo de álcool e ao consumo de tabaco nos
Cuidados de Saúde Primários 2015-2020
Coordenadora nomeada pela DGS para a execução Normas de orientação Clinica na área do Álcool
Coordenadora do núcleo de comportamentos aditivos da APMGF
Terapeuta Familiar

Downloads

Publicado

2020-12-23

Como Citar

de Oliveira, V. M. N., Rosário, F., & Ribeiro, C. (2020). Medicina geral e familiar e atitudes relativas a problemas ligados ao álcool: a importância da formação no âmbito da Escola de Medicina Geral e Familiar (Primavera 2016). Revista Portuguesa De Medicina Geral E Familiar, 36(6), 470–8. https://doi.org/10.32385/rpmgf.v36i6.12758

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>