Epidemiologia descritiva dos casos COVID-19 em profissionais de saúde, Portugal, 2020

Autores

  • Héloïse Lucaccioni European Program for Intervention Epidemiology Training (EPIET), European Centre for Disease Prevention and Control (ECDC) Directorate-General of Health, Lisbon, Portugal http://orcid.org/0000-0003-3080-9794
  • Cristina Costa Unidade de Saúde Pública Zé Povinho, ACeS Oeste Norte, Portugal Escola Nacional de Saúde Pública, Lisbon, Portugal Direção-Geral da Saúde, Lisbon, Portugal
  • Mariana Perez Duque European Program for Intervention Epidemiology Training (EPIET), European Centre for Disease Prevention and Control (ECDC), Stockholm, Sweden Direção-Geral da Saúde, Lisbon, Portugal Unidade de Saúde Pública, ACeS Porto Ocidental, ARS Norte, Porto, Portugal
  • Rita Sá Machado Divisão de Epidemiologia e Estatística, Direção-Geral da Saúde, Lisbon, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.32385/rpmgf.v37i4.12979

Palavras-chave:

COVID-19, Healthcare workers, Portugal, Epidemiological surveillance, SARS-CoV-2

Resumo

Os profissionais da saúde têm um maior risco de infeção por COVID-19 devido à sua exposição profissional. Até à data existem dados e provas limitadas sobre infeções por COVID-19 entre os profissionais da saúde em Portugal. Descrevemos as características dos profissionais da saúde notificados como casos confirmados de COVID-19 durante os primeiros meses da vigilância nacional em Portugal (janeiro-maio de 2020). Concluímos com recomendações para melhorar a vigilância da COVID-19 entre os profissionais de saúde.

Downloads

Publicado

2021-09-14

Como Citar

Lucaccioni, H., Costa, C., Perez Duque, M., & Sá Machado, R. (2021). Epidemiologia descritiva dos casos COVID-19 em profissionais de saúde, Portugal, 2020. Revista Portuguesa De Medicina Geral E Familiar, 37(4), 366–72. https://doi.org/10.32385/rpmgf.v37i4.12979