Hipertiroidismo agudo: um possível caso de síndroma de Marine Lenhart

Autores

  • Valter Filipe Moreira Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa
  • Andreia Teles Ribeiro

DOI:

https://doi.org/10.32385/rpmgf.v37i4.13016

Palavras-chave:

Hipertiroidismo, Tirotoxicose, Doença de Graves

Resumo

Introdução: O hipertiroidismo (HT) é uma patologia que ocorre devido à síntese e secreção excessiva de hormonas tiroideias pela glândula tiroideia, estimando-se que a sua prevalência a nível mundial se situa entre 1,2 e 1,6%. A principal etiologia do HT é a doença de Graves (DG), seguida do bócio multinodular (BMN) tóxico. As manifestações clínicas do HT podem variar, desde o quadro assintomático até ao quadro de tempestade tiroideia, uma situação rara de tirotoxicose aguda grave e potencialmente fatal. O síndroma de Marine Lenhart (SML) consiste num quadro de HT em contexto de coexistência de DG e BMN tóxico, sendo uma situação rara que ocorre em 0,8 a 2,7% dos pacientes com DG.

Descrição do caso: Mulher de 50 anos, com antecedentes pessoais de BMN tóxico não medicado, recorre a consulta de doença aguda por quadro caracterizado por fraqueza extrema com impotência funcional para a marcha, insónia grave, labilidade emocional e irritabilidade associada a palpitações. Foi referenciada ao serviço de urgência (SU) onde foi diagnosticada com HT grave por DG, tendo ficado internada. Houve estabilização clínica e laboratorial com melhoria dos sintomas e teve alta com o provável diagnóstico de SML.

Comentário: Este caso demonstra a importância da monitorização tiroideia e vigilância sintomática dos doentes com patologia tiroideia de base. O médico de família tem um papel fundamental no controlo destas situações por ter um acompanhamento longitudinal dos seus pacientes. Uma abordagem mais abrangente de cada doente e a articulação entre os cuidados de saúde primários e secundários permite a identificação de problemas clínicos específicos e tratamento precoce dos mesmos.

Biografia Autor

Valter Filipe Moreira, Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa

Médico interno de 4º ano do internato de Medicina Geral e Familiar

Downloads

Publicado

2021-09-14

Como Citar

Moreira, V. F., & Ribeiro, A. T. (2021). Hipertiroidismo agudo: um possível caso de síndroma de Marine Lenhart. Revista Portuguesa De Medicina Geral E Familiar, 37(4), 357–61. https://doi.org/10.32385/rpmgf.v37i4.13016