[1]
Rebelo, L. 2001. O médico de família do futuro: três modelos de actuação, cinco atributos e cinco aptidões essenciais. Revista Portuguesa de Medicina Geral e Familiar. 17, 2 (Mar. 2001), 159–62. DOI:https://doi.org/10.32385/rpmgf.v17i2.9833.