[1]
S. Henriques, «Infecções respiratórias altas: Os doentes querem uma explicação, não uma prescrição», Rev Port Med Geral Fam, vol. 24, n. 4, pp. 541–2, Jul. 2008.